Você tem Cultura?

Segundo Roberto DaMatta, importante antropólogo brasileiro, o senso-comum toma o termo “ cultura” como sinônimo de sofisticação, sabedoria e educação. Seria uma forma de indicar o volume de livros lidos, títulos universitários e línguas faladas. Porém, volume de leitura não quer dizer volume de sabedoria. Há um velho ditado que dizque “cultura não traz discernimento”. Infelizmente, muitos de nós interpretamos erroneamente o conceito da palavra cultura, e por vezes acabamos classificando pessoas preconceituosamente. É muito comum ouvirmos frases como “as gerações mais novas não sabem nada” ou então, “fulano não tem cultura”. Pior ainda é que por vezes diminuímos civilizações inteiras, como no caso dos indígenas, pois possuem tradições culturais diferentes das nossas. Um indivíduo não possuir a típica “cultura dominante”, é parte da sua cultura.

DaMatta afirma ainda que “quando um antropólogo utiliza a palavra cultura, ele se refere à maneira de viver total em grupo, sociedade, país ou pessoa”. A cultura propicia regras para o convívio dos indivíduos em determinada civilização, permitindo que desenvolvam relações entre si dentro destas regras do viver. Como num jogo de futebol, em que temos sempre as mesmas regras, porém um jogo nunca é igual a outro. “No sentido antropológico, portanto, a cultura é um conjunto de regras que nos diz como o mundo pode e deve ser classificado”.

“Apresentada assim, a cultura parece ser um bom instrumento para compreender as diferenças entre os homens e as sociedades”. É interessante notar que, ao analisarmos povos e culturas diferentes das nossas, sempre estaremos carregados de um “pré-conceito” formado pelas nossas próprias experiências individuais. O conceito de bárbaro, por exemplo, vem lá da antiguidade, e era utilizado para se referir a todo aquele que não falava o grego. Porém já dizia o apóstolo Paulo: “Mas, se eu ignorar o sentido da voz, serei bárbaro para aquele a quem falo, e o que fala será bárbaro para mim”. (I Coríntios 14:11). Desta forma, ao nos referirmos aos indígenas como bárbaros, não podemos nos esquecer que para eles os bárbaros éramos nós.

Temos uma mania feia de afirmar que nós brasileiros não temos cultura. Embora, segundo o próprio DaMatta, “esse dizer que não temos cultura é, paradoxalmente, um modo de agir cultural”.
Anúncios

Uma consideração sobre “Você tem Cultura?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s