Cinema: O Último Rei da Escócia (The Last King of Scotland: 2006)

“O Último Rei da Escócia”, filme de 2006 dirigido por Kevin Macdonald, conta a história do instável e carismático ditador Idi Amin, que governou Uganda de 1971 a 1979, vista pelos olhos de um jovem médico escocês. Acontecimentos verídicos, como os massacres de Amin, sua vida e o seqüestro palestino de um avião são misturados no filme com ficção. A própria existência do médico é fictícia. Apesar de todas as crueldades do ditador, a produção se limita a mostrar a complexidade do personagem, cujo lado humano e gentil grita muito mais do que suas crueldades.

Amim nasceu no interior e serviu no exército britânico durante a época em que o país ainda era uma colônia inglêsa. Após 1962, com a independência, tornou-se chefe do exército sob o comando do presidente Milton Obote. Em 1971 liderou um golpe militar que destituiu Obote, tornando-se líder de Uganda. O regime imposto foi brutal, cerca de 300 mil pessoas foram assassinadas.

Durante o período que governou, o ditador expulsou empresários asiáticos, paquistaneses e indianos  – cerca de 90 mil foram expulsos. Além disso, arruinou a economia do próprio país, e criou o símbolo ditatorial africano. Foi finalmente deposto em 1979, falecendo em 2003. Os ugandenses reagiram com uma mistura de sentimentos, do alívio pela morte, a uma nostalgia gerada pela expulsão dos asiáticos que dominavam a economia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s